SIMESC promove encontro entre prefeituráveis com apoio da SJM

132

O SIMESC Regional Joinville, com apoio da SJM (Sociedade Joinvilense de Medicina), promoveu nesta quinta-feira, dia 26 de novembro, um encontro entre os dois candidatos a prefeito deste segundo turno na cidade, Adriano Silva (Novo) e Darci de Matos (PSD).A reunião aconteceu na sede do SIMESC Joinville, com todos os protocolos de prevenção à Covid-19. Os candidatos explanaram sobre suas propostas para a prefeitura de Joinville.

A presidente regional do SIMESC, Tanise Balvedi Damas, conduziu os trabalhos, acompanhada pelo secretário regional Conrado Hoffmann e na presença de alguns médicos, dentre eles o vereador eleito Cassiano Ucker e o sócio da SJM, Ricardo Myamoto. Estiveram presentes também colaboradoras da SJM e assessores de campanha de ambos os candidatos. Após introdução sobre as ações das entidades médicas presentes, cada candidato teve 20 minutos de fala.

Apresentação dos candidatos, em ordem alfabética:

Adriano Silva – Candidato a prefeito (Novo)

Apresentação: 42 anos, joinvilense, administrador no ramo de suplementos nutricionais, bombeiro voluntário. Foi presidente do Conselho da ALANAC (Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais) e vice-presidente da ACIJ (Associação Comercial e Industrial de Joinville).

Motivações: “Gosto de liderar trabalhos voluntários e gosto da área de saúde. Vivenciei crises políticas nos últimos anos que levaram a crises econômicas, e isso me motivou a entrar na política para mudar, para evitarmos crises econômicas.”

Darci de Matos – Candidato a prefeito (PSD)

Apresentação: 59 anos, natural do interior do Paraná, economista, pós graduado em Administração. Foi presidente da Fundamas, delegado do Ministério do Trabalho, vereador, deputado estadual, atualmente deputado federal licenciado para a campanha.

Motivações: “Acredito na importância de trabalhar. Me vejo seguindo o caminho do falecido ex-governador e prefeito de Joinville, Luiz Henrique da Silveira, que um dia se licenciou de cargo no Congresso para olhar e trabalhar por Joinville. Percebo que Joinville empobreceu e precisa voltar a crescer.”

Propostas dos candidatos:

Saúde: Os dois candidatos concordam que saúde é um dos focos principais. Pretendem agir nas filas de cirurgias e de exames eletivos, se necessário comprando serviços da rede privada. São favoráveis a concursos públicos. Consideram o diálogo com entidades fundamental.

Diferem na visão de como conduzir o gerenciamento do Hospital Municipal São José. O candidato Adriano defende a administração do hospital por uma Organização Social (OS), sendo inicialmente uma unidade mista, sem prejuízo para os servidores de carreira, tendo como modelo o bom funcionamento do Hospital Infantil Jeser Amarante Faria. Já o candidato Darci afirma ser contrário ao gerenciamento por OS e diz que vai buscar recursos financeiros da União e do Estado. Fala também que o hospital precisa ter um diretor geral especialista e que entenda do SUS, assim como o secretário municipal de saúde – ambos alinhados, mas pessoas diferentes, para que cada um se dedique ao seu papel.

Pandemia Covid-19: Ambos os candidatos defendem a ampliação da capacidade de atendimentos, com ampliação de leitos de UTIs, para não precisar fazer lockdown. Defendem a educação da população, com medidas de higiene e distanciamento social, mas evitando medidas restritivas na economia.