Secretário da Saúde e equipe participam de reunião na SJM

69
Secretário da Saúde e equipe participam de reunião na SJM
Secretário da Saúde e equipe participam de reunião na SJM

O Secretário da Saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva e integrantes de sua equipe, como a Diretora Técnica da Secretaria de Saúde, Dr. Luana Garcia Ferrabone e o Diretor Técnico do Hospital Municipal São José, Dr. Niso Eduardo Balsini estiveram na SJM na última quarta-feira, dia 4 de abril para fazerem uma apresentação dos trabalhos realizados nestes últimos meses e ao mesmo tempo estreitarem a parceria com a SJM. Conforme o presidente da SJM, Dr. Antônio Garcia, a intenção é retomar a participação da diretoria da SMS nas reuniões da diretoria da SJM uma vez por mês, onde o objetivo maior será a discussão dos assuntos referentes ao trabalho médico e as necessidades da saúde pública, os problemas e a busca de soluções.

Além deles, também esteve presente o médico associado da SJM, Dr. Evandro Luís Rosa, que atua no corpo clínico do Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem e coordenou no ano passado o 1º Mutirão do Diabetes em parceria com a SJM e a Sociedade Catarinense de Oftalmologia, entre diversos outros apoiadores. O evento deste ano irá acontecer no dia 15 de novembro próximo e as primeiras tratativas da organização e busca de apoios, como o da Secretaria Municipal de Saúde, já estão acontecendo.

Apesar de já estar atuando desde 2015 na SMS na área executiva da pasta, Jean Rodrigues da Silva, informou que tomou posse como secretário no dia primeiro de dezembro de 2017 e manteve o planejamento e os trabalhos que estavam sendo realizados, contando com uma equipe altamente qualificada para atender tanto as demandas da secretaria, como do Hospital Municipal São José, onde ele também atua como diretor presidente. Ele também disse que apesar de estar trabalhando em silêncio, em breve haverá o momento de divulgar as boas notícias do setor, como a expansão das equipes do PSF, a finalização do processo de informatização que está interligando toda a rede de saúde, com a era digital instalando-se desde o posto de saúde até o hospital,  a ampliação da UTI do São José, que dobrará sua capacidade de leitos, a reforma de mais uma ala de internação, só para citar alguns exemplos.

Segundo ele, o maior desafio continua sendo o financeiro, uma vez que os recursos são limitados e as demandas crescem cada vez mais. Como exemplo ele citou a necessidade de investimentos no São José, tanto na área física, como tecnológica e contratações, suprir o aumento da demanda de gastos com medicamentos, que cresceu 20% no último trimestre e por consequência o número de consultas e exames. “Hoje temos R$ 761 milhões para a saúde por ano. A informatização vai nos permitir a otimização dos serviços prestados e com isso economia para atendermos as demais frentes”, acrescentou.

Entre as boas notícias da área médica, ele disse que a recertificação para o Hospital São José ser reconhecido como hospital escola (ensino) e com isto receber os recursos para o programa de Residência Médica, já está bem encaminhada. “Estamos cumprindo um amplo check-list, um trabalho que está envolvendo as lideranças do hospital para atingirmos este patamar exigido pelo MS”, disse Jean. Somente com a busca de mais recursos e a otimização do orçamento, será possível investir mais em prevenção e na melhor utilização da rede. Um primeiro passo neste sentido foi dado com o lançamento do programa Melhor Acolher, nos postos de saúde e a abertura de 40% das vagas nas unidades básicas de saúde para a demanda espontânea. “Até então somente os agendados podiam entrar no serviço. Com esta nova ótica, de alguém acolhendo na porta, verificando as necessidades e permitindo o atendimento ambulatorial espontâneo, vamos diminuir a demanda nos PAs e no OS”, observa.

O presidente da SJM, Dr. Antônio Garcia e o vice-presidente, Dr. Fabrício Morales, falaram da importância deste trabalho de aproximação, do conhecimento mais amplo do funcionamento da saúde pública e dos indicadores. “Isto nos permitirá dar maior retorno aos nossos associados e ao mesmo tempo contribuir nos temas específicos da atuação médica”, disseram. Na próxima reunião, que acontecerá no mês de maio, serão apresentados os números e indicadores da SMS referentes ao relatório quadrimestral que é aprovado no Conselho Municipal de Saúde e apresentado na Câmara de Vereadores de Joinville.